sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

ENTENDI!

ENTENDI!

Conviver com as contrariedades alheias é o que me faz entender...
Que a imperfeição é humana...
Que a raiva é passageira, e que não significa maldade, pois sim expressão do momento...
Que o ódio vive somente na pessoa que a sente, pois lhe entrega a chave de acesso ao coração...
É a autodestruição das razões do amor.É a morte da vitima que se vitimiza.
Entendi que não existem barreiras indestrutíveis...
Porém existem pessoas que se fazem indestrutíveis as suas fraquezas...
Indefesas de suas imperfeições...E incrédulas de sua dádiva divina...
Entendi que a humildade, é um ato restrito á aquele que ama e respeita...
Que é o primeiro passo para felicidade e uma busca constante do alto.
Que palavras belas são oriundas de um coração amado, e perceptíveis a um coração miserável.
Que as lágrimas não devem significar apenas tristezas, e sim motivo para um recomeço...
Pois a continuidade da vida é sagrada!
Entendi que a superação das fraquezas humana é uma luta constante do bem e do mal...
E quem desiste dessa batalha se torna falido da fé, e se distância do essencial da vida...
Entendi que o amor vence...
Que a face de quem ama serve como luz, e ponto de encontro e apoio da sensibilidade alheia...
Que esta mesma face é à vista do amor de Deus alimentado no ser humano...
É a busca do equilíbrio das forças da fé...
Entendi que eu creio mesmo quando acredito que não creio...
Que quando a fé se esconde e se torna imperceptível as fraquezas...Só depende de nós encontrá-la, em orações, pessoas, detalhes...
Que o valor do sopro da existência humana está no céu, na terra, em todo lugar...
Está num sorriso, abraço daqueles que amamos...
Que a cada amanhecer e entardecer, devemos glorificar a Deus o viver, mesmo quando os motivos se perdem em meio aos contrastes das indiferenças humanas...
Que somos solos sagrados, e donos de nosso arbítrio, portanto somos responsáveis pelo nosso passado, presente e futuro...
Entendi que viver do passado é retroceder aos museus das melancolias...
Entendi que o presente é um "presente" nos dado quando escolhidos aos céus...
E o futuro é poder...Poder de enterrar o que deixamos aberto no passado...
De acreditar que podemos ser melhores...De viver a plenitude do amor de Deus que vive, mesmo quando nossa fé ainda não nos faz enxergar a sua beleza...
Aprendi que podemos sim, fazer do solo que pisamos o céu, e consagrá-lo como nossa moradia sagrada.

Escrito por: KARINA AKEMI KADOWAKI

Um comentário:

  1. Oieee querida,
    Nossa, lindo esse texto, me fez refletir um pouco..
    bjsss
    LE

    ResponderExcluir